História da IC no Brasil

No Brasil, a atividade de Inteligência Competitiva teve início durante a década de 1990. Adotamos como marco inicial o Curso de Especialização em Inteligência Competitiva – CEIC, cuja primeira versão ocorreu em 1997, no Rio de Janeiro. De lá para cá essa atividade vem crescendo, principalmente após a fundação da Associação Brasileira dos Analistas de Inteligência Competitiva - ABRAIC, em 2000.

O primeiro seminário privado sobre Inteligência Competitiva no Brasil veio a ocorrer somente em 2000, em São Paulo. No mesmo ano foi defendida a primeira tese de doutorado no Brasil sobre IC pelo Dr. Hélio Gomes na Universidade Federal de Santa Catarina, o que mostra como a pesquisa é recente no País. O primeiro livro sobre o assunto foi publicado no Brasil apenas em 2001.

São poucas as ferramentas tecnológicas que apóiam a atividade de IC tanto no Brasil quanto no mundo. Essa constatação pode ser observada no relatório anual elaborado pela Fuld & Company sobre o assunto. No Brasil, a primeira ferramenta tecnológica desenvolvida para o apoio à atividade de Inteligência Competitiva surgiu em 2005. Essa ferramenta ganhou o primeiro Prêmio de Inovação em Inteligência Competitiva – premiação pioneira no ramo, organizada pela ABRAIC, que tem como objetivo incentivar a pesquisa e a inovação no âmbito da Inteligência Competitiva.

Também em 2005, pesquisa desenvolvida pela GIA - Global Intelligence Agency, mostra que as empresas brasileiras estavam bem colocadas quanto à avaliação de desempenho das práticas da atividade de Inteligência Competitiva frente ao mercado mundial (GIA, 2005).

Nos últimos anos observa-se um número cada vez maior de organizações tanto públicas quanto privadas investindo em IC. Isso pode ser observado nos resultados de uma das iniciativas inovadora da ABRAIC: Premio Excelência em IC. Criado em 2008, esta iniciativa premia as melhores práticas de IC nas organizações.

 

Fonte: Mendes, Andrea; Marcial, Elaine; Fernandes, Fernando. Fundamentos da Inteligência Competitiva. Volume 1 – Coleção Inteligência Competitiva. Brasília: Thesaurus Editora,2010.